Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/18 às 10h45 - Atualizado em 14/11/18 às 15h46

Desemprego cai pelo terceiro mês seguido, aponta PED

 

Dados estatísticos apontam que 7 mil pessoas voltaram ao mercado de trabalho entre julho e agosto de 2018. E a taxa de desemprego total passou de 18,7% para 18,1% no mesmo período, em mais uma redução desde o mês de junho. Os dados foram apresentados, nesta quarta-feira (26), e são parte da Pesquisa de Emprego e Desemprego no Distrito Federal – PED-DF.

 

Foi registrado ainda um aumento de 11 mil postos de trabalho com carteira de trabalho assinada em todo o DF. O desemprego, por sua vez, reduziu para mulheres (- 3,9%) e  para homens (-2,7%). Hoje, são estimados 299 mil desempregados na capital. Os números da pesquisa, segundo os técnicos, apontam para uma melhoria no cenário econômico.

 

“No comparativo mensal, os números já são melhores que do anual. São 3 meses seguidos de queda na taxa de desemprego e isso é muito positivo para o DF. Ressaltamos ainda o contingente de ocupados (inclui o trabalho informal) que registra 17 mil pessoas a mais”, detalhou o Subsecretário de Atendimento ao Trabalhador, José Eduardo Corrêa.

A PED é realizada mensalmente por meio de parceria entre a Sedestmidh, a Codeplan, a Fundação Seade e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Veja a pesquisa na íntegra em: http://www.trabalho.df.gov.br/ped-2018/

 

Por: Rafael Secunho

 

Dados estatísticos apontam que 7 mil pessoas voltaram ao mercado de trabalho entre julho e agosto de 2018. E a taxa de desemprego total passou de 18,7% para 18,1% no mesmo período, em mais uma redução desde o mês de junho. Os dados foram apresentados, nesta quarta-feira (26), e são parte da Pesquisa de Emprego e Desemprego no Distrito Federal – PED-DF.

 

Foi registrado ainda um aumento de 11 mil postos de trabalho com carteira de trabalho assinada em todo o DF. O desemprego, por sua vez, reduziu para mulheres (- 3,9%) e  para homens (-2,7%). Hoje, são estimados 299 mil desempregados na capital. Os números da pesquisa, segundo os técnicos, apontam para uma melhoria no cenário econômico.

 

“No comparativo mensal, os números já são melhores que do anual. São 3 meses seguidos de queda na taxa de desemprego e isso é muito positivo para o DF. Ressaltamos ainda o contingente de ocupados (inclui o trabalho informal) que registra 17 mil pessoas a mais”, detalhou o Subsecretário de Atendimento ao Trabalhador, José Eduardo Corrêa.

A PED é realizada mensalmente por meio de parceria entre a Sedestmidh, a Codeplan, a Fundação Seade e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Veja a pesquisa na íntegra em: http://www.trabalho.df.gov.br/ped-2018/

 

Por: Rafael Secunho